Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Household InnovationRadarConfiança da indústria de limpeza atinge seu maior nível no ano
Banner_linkedin

Confiança da indústria de limpeza atinge seu maior nível no ano

  • Written by:

Apesar de não estar entre os setores mais otimistas da indústria nacional, em 2021, índice de confiança dos fabricantes de produtos de limpeza aumenta 13 pontos no ICEI Setorial, entre março e julho

Em julho, a confiança da indústria de produtos de higiene pessoal e limpeza atingiu seu maior nível em 2021, com 59,9 pontos no ICEI Setorial – Índice de Confiança do Empresário Industrial. Com o resultado, o setor registra a quarta alta consecutiva no otimismo, após registrar 46,7 pontos em março, pior resultado no ano – e quando novas medidas de restrição de circulação foram adotadas, em diversos estados. “É uma alta superior a 13 pontos, em apenas quatro meses, e pode indicar uma recuperação do setor no segundo semestre do ano”, diz Paulo Engler, diretor-executivo da ABIPLA – Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional.

Engler afirma que os fabricantes de produtos de limpeza têm convivido com grande volatilidade na demanda de seus produtos, desde o início da pandemia. Como o setor costuma basear suas estratégias de negócio em planejamentos de longo prazo, os períodos de alta na produção, seguidos de quedas repentinas, aliados a problemas pontuais de falta de insumos e à pressão de preços, acabaram diminuindo o otimismo dos empresários, especialmente, no primeiro trimestre. “Começamos o ano com um nível bom de confiança (54,4), que teve até alta em fevereiro (56), mas, em março (46,7), já houve uma queda grande no índice. A boa notícia é que, desde então, registramos quatro melhoras seguidas”, diz Engler.

O diretor da ABIPLA revela que a entidade mantém a projeção de crescimento do setor em 3% para o ano de 2021. A produção de saneantes cresceu 1,2% entre janeiro e maio de 2021, com base no índice de base fixa mensal da PIM* – Pesquisa Industrial Mensal do IBGE. Entre os segmentos que devem mostrar bons resultados, no segundo semestre, estão os produtos voltados à limpeza profissional, já que, com o avanço da vacinação, estabelecimentos comerciais e públicos podem voltar a reabrir com menos restrições; os produtos para desinfecção – em alta desde o início da pandemia – e as vendas por meio do e-commerce. “Os fabricantes de produtos de limpeza têm ampliado sua presença no comércio virtual, inclusive com canais de vendas diretas ao consumidor em alguns casos”, conclui Paulo Engler.

Comments are closed.

Parceiros