Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Household InnovationRadarPantone anuncia duas cores para 2021: Ultimate Gray e Illuminating
Banner_linkedin

Pantone anuncia duas cores para 2021: Ultimate Gray e Illuminating

  • Written by:

As cores amarelo e cinza trazem força e otimismo para 2021, segundo a Pantone

Nesta quarta-feira, 9, a empresa anunciou dois tons como as cores do ano de 2021: a PANTONE 17-5104 Ultimate Gray e a PANTONE 13-0647 Illuminating. Os tons, que parecem totalmente opostos, foram escolhidos intencionalmente para criar um equilíbrio entre “força” e “otimismo”, duas características necessárias para o ano à nossa frente.

“A seleção de duas cores independentes destaca como diferentes elementos se unem para expressar uma mensagem de força e de esperança que é duradoura e edificante, transmitindo a ideia de que não se trata de uma cor ou de uma pessoa, mas de mais de uma”, disse Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute, em um comunicado à imprensa.

Para quem não lembra, em 2019 a cor escolhida foi a Living Coral e em 2020 foi a vez do Classic Blue.

Durante o processo de seleção, a equipe do Pantone Color Institute entendeu que o cinza era um neutro popular que já existia em muitos apartamentos e casas, reforçando suas qualidades resilientes. “Ultimate Gray era aquela sensação de força, algo que é duradouro, sólido como uma rocha, resiliente, atencioso”, disse Eiseman ao Apartment Therapy.

Já a Illuminating, um amarelo brilhante, trouxe um elemento diferente: o otimismo. Eiseman descreveu a cor como o sol, que traz alegria, positividade e gratidão durante um tempo em que a inovação está acontecendo, sendo ela também inovadora em si.

“Nenhuma cor conseguiu entender o significado do momento”, disse Laurie Pressman, vice-presidente do Pantone Color Institute, ao The New York Times. “Todos nós percebemos que não podemos fazer isso sozinhos. Todos nós temos uma compreensão mais profunda de como precisamos uns dos outros e de apoio emocional e esperança”.

Daí veio, segundo ela, a decisão de fugir ao padrão e anunciar dois tons. É apenas a segunda vez, em 22 anos, que isso acontece. A primeira vez foi em 2015, quando foram escolhidos o Rose Quartz e o Serenity. Naquele ano, as duas tonalidades deveriam se misturar, refletindo o reconhecimento da fluidez de gênero e do progresso social. Mas, neste ano, as duas cores devem se destacar sozinhas, como tons complementares, apoiando-se mutuamente.

Cores dos últimos anos

 

 

 

 

 

Fonte: Glamour 09.12.2020

Comments are closed.

Parceiros